CM recebe representantes de 25 municípios para capacitação com infectologista

capacitacao influenza1

 

O município de Cândido Mota recebeu na manhã desta segunda-feira, dia 18, no plenário ‘Gilfredo Boretti’ da Câmara de Vereadores, representantes dos 25 municípios que compõem o Grupo de Vigilância Epidemiológica da região - GVE XIII. Os representantes participaram de capacitação ministrada pelo médico infectologista Luiz Mazzetto, que falou sobre ‘Manejo Clínico de Influenza’.
Recepcionados pela secretária de Saúde de Cândido Mota, Amanda Mailio Santana, ela falou sobre a importância deste treinamento. “O doutor Mazetto é um grande profissional e com certeza trouxe novas informações e sanou dúvidas. Esperamos que todos tenham aproveitado a oportunidade, em um momento de grande preocupação com a chegada do inverno e a baixa cobertura vacinal que, não só Cândido Mota, mas o país todo está sofrendo, e que a recomendação é de alertar a população que pertence aos grupos: prioritários e de risco a procurarem os postos de vacinação para receberem a vacina”, relatou Amanda Mailio.

 

capacitacao influenza2

 

Segundo a enfermeira da Vigilância Epidemiológica da Saúde de Cândido Mota, Patrícia Morato Leite, o objetivo do treinamento foi capacitar médico, enfermeiro, auxiliar e técnico de enfermagem, no manejo clínico da doença influenza, mediante o protocolo de 2018. A influenza ou gripe é uma infecção aguda do sistema respiratório, ocasionada pelo vírus influenza, com elevado potencial de transmissão. Inicia-se com febre, dor muscular, e tosse seca. Em geral, tem evolução por período limitado, em geral de um a quatro dias, mas pode se apresentar forma grave.

O médico apresentou dados da região e do estado de São Paulo, a conduta médica e de enfermagem, frente aos possíveis casos da doença. Falou também da baixa cobertura da vacinação e sua importância para um paciente hospitalizado, já que a vacina diminui o risco de desenvolver para pneumonia.

 

capacitacao influenza3

 

Patrícia Morato destacou a preocupação com a doença e a vacinação. “A gripe propaga-se facilmente e é responsável por elevadas taxas de hospitalização. Idosos, crianças, gestantes, puérperas e pessoas com doenças crônicas, tais como doenças respiratórias graves, diabetes, hipertensão, cardíacas, neurológicas, transplantados, renais e hepáticas crônicas, obesidade e imunodeficiência são mais vulneráveis aos vírus”. 

E concluiu: “Existem três tipos de vírus influenza/gripe que circulam no Brasil: A, B e C. O tipo C causa apenas infecções respiratórias brandas, não possui impacto na saúde pública, não relacionado com epidemias. O vírus influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus influenza A responsável pelas grandes pandemias (A/H1N1pdm09 e A/H3N2). A vacina contra gripe é ofertada no Sistema Único de Saúde e, portanto, nas unidades de saúde do município, protege contra estes tipos de três vírus”.

O prefeito Roberto Bueno destacou a importância do município receber a capacitação. “Em um momento que estamos preocupados com a chegada do inverno e a possibilidade maior da doença, recebermos um especialista como o doutor Luiz e também os representantes dos municípios da GVE XIII, é muito importante. Temos excelentes profissionais na rede municipal de saúde e que estão sempre se capacitando e isto resulta em um atendimento com mais qualidade ainda”, falou Roberto Bueno.

 

Pesquisar Google

Google

Área Restrita



Links

 

portal


  banner esic

 

 

 

 

nota_fiscal_-_icone.jpg

 

 




Prefeitura Municipal de Cândido Mota - Rua Henrique Vasques, 180 - CEP 19880-000 - Telefone (18) 3341-9350 - Cândido Mota - SP