CM recebe oficinas do projeto ‘Novos Foliões’

reuniao novos folioes1

 

O secretário municipal de Educação e Cultura Celso Josepetti, a diretora de Cultura Luciane Caron e assessora técnica Daniela Haddad de Almeida Dionizio, em reunião com Mário Reis, firmaram parceria, e Cândido Mota irá receber a oficina ‘Novos Foliões’. Criado por Mário Reis, de Palmital, a 1ª oficina do projeto ‘Novos Foliões’ será realizada na Biblioteca Municipal de Cândido Mota, no próximo dia 28, das 14h às 18h, com inscrição grátis de 16 a 24 deste mês, na própria sede da biblioteca, na rua Ângelo Pípolo, 415. 

O criador da oficina explicou que Palmital é o município do Brasil onde se realiza a maior festa de Folia de Reis no gênero de distribuição gratuita de alimentos. Todos os anos, moradores de toda a região participam da enorme manifestação que reúne cultura, folclore e fé. “A 63ª edição da Festa de Santos Reis de Palmital foi realizada em 13 de janeiro. Houve um verdadeiro banquete, saboreado por crianças, jovens, adultos e idosos na celebração, que sempre reúne gente de toda idade”, destacou Reis. “Devido ao grande e crescente sucesso do evento, em 2013 surgiu a ideia de fazer algo para fortalecer as Companhias de Reis de Palmital e foi aí que criamos o ‘Projeto Novos Foliões’. Uma oficina que valoriza toda a cultura da festa popular de forma prática e eficaz para a preservação das folias de reis”, prosseguiu.

 

reuniao novos folioes2


“Estamos ampliando o projeto e a partir deste mês de abril, as ações do ‘Novos Foliões’ - com incentivo da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo e o Proac, não ficarão restritas a Palmital. Haverá duas oficinas, de quatro horas cada, nas cidades de Cândido Mota e Assis. Nos próximos meses de maio, junho e julho, serão promovidos 10 encontros na cidade de Palmital, para maior desenvolvimento e perpetuação da tradição. Vamos usar a página do facebook para manter os futuros, e já foliões, atualizados e informados de tudo que acontecer”, contou Reis.

A oficina transmite os saberes e a vivência da Folia de Reis na região, uma das mais importantes manifestações folclórica brasileira. Durante a oficina será mostrado como uma Folia de Reis maneja todos seus rituais durante uma jornada para a realização da tradicional e grande festa. Para os interessados em cultura popular, na viola caipira, nas tradições regionais, é bastante interessante participar. Vale ressaltar que podem participar pessoas de todas as faixas etárias.

 

reuniao novos folioes3


Importância histórica

O secretário Celso Josepetti falou da folia de Reis em Cândido Mota.“Em Cândido Mota a folia de Reis é extremamente tradicional e recebe visitantes de vários estados como aconteceu na última celebração. Tão logo fomos procurados para realização do projeto, aceitamos a parceria e a prefeitura através da Secretaria de Educação e Cultura, não só está apoiando este projeto, mas como pretende dar continuidade a oficina”, falou.

A diretora de Cultura Luciane Caron disse: “Acredito que resgatar os valores religiosos e culturais é de extrema importância para que haja crescimento no respeito às crenças de cada povo. A Festa de Santo Reis em nossa cidade é tradicionalíssima e precisa ser fortalecida. Esta oficina vem justamente para captar novos integrantes às bandeiras já existentes e também formar novos grupos. A estória das bandeiras das famílias Godinho e Leiteiro são maravilhosas, e o trabalho realizado pelos integrantes é de valor incontestável. Convidamos para que a população venha participar conosco e desta forma tenha um entendimento mais amplo desta crença tão valiosa”, disse ela.

Por fim, o prefeito Roberto Bueno, que sempre fez questão de prestigiar as Festas de Santo Reis, falou que o evento é importância para a cultura do município e que a oficina irá fortalecer ainda mais esse trabalho. “Como bem falou a diretora, as bandeiras de Folia de Reis do ‘Toninho Leiteiro’ e do ‘Zé Godinho’, são histórias não só do nosso município, mas de toda a região. O cândido-motense Toninho Leiteiro, por exemplo, completou 56 anos à frente da festa, que foi iniciada pelo seu pai no ano de 1929. Todos os anos as festividades, como a última na água da Pinguela, reúne milhares de pessoas vindas de todas as localidades e até mesmo de outros Estados para prestigiar a apresentação. Temos que preservar esta manifestação cultural religiosa e que muitos jovens aproveitem a oportunidade e participem desta oficina”, concluiu Roberto Bueno.

 

Pesquisar Google

Google

Área Restrita



Links

 

portal


  banner esic

 

 

 

 

nota_fiscal_-_icone.jpg

 

 




Prefeitura Municipal de Cândido Mota - Rua Henrique Vasques, 180 - CEP 19880-000 - Telefone (18) 3341-9350 - Cândido Mota - SP