Prefeitura alerta para risco de obras inacabadas no Panaro

panario12

O Parque Ambiental, Ecológico e de Lazer das Nascentes do Panaro está em obras e inadequado para o uso público. A informação é da prefeitura do município de Cândido Mota. “Continuaremos com as obras do ‘Panaro’ em breve. Recomendamos à população que não utilize o espaço, pois há risco de acidentes. Assim que as obras forem concluídas, informaremos a população” explicou o secretário de Obras João Nicolau dos Santos.

 

panario04

 

Segundo o setor técnico da prefeitura, foram concluídos 39,52% das obras do Parque do Panaro. “Foram gastos até o momento, cerca de 500 mil reais. O montante aprovado pelo Governo do Estado, Secretaria da Justiça, para construção da obra toda, é de R$1.500.000,00, faltam ainda 1 milhão de reais para a conclusão da obra” detalharam os técnicos da prefeitura.

panario01

 

 

panario02

 

panario03

 

 

panario05

 

panario06

Moradores que se arriscam em caminhadas e utilização do espaço, que está com obras inacabadas, corre riscos de acidentes. Com fossa praticamente aberta, tampa para desmoronar, pista de caminhada com rachaduras e assoreamento, pisos soltos e já deteriorados, calha fora de padrão para escoamento de água pluvial, restos de material de construção espalhados, pregos expostos nos brinquedos de madeira, entre outros, o local está impróprio para a utilização da população, mesmo sendo “inaugurado” no final do ano passado.  

 

panario07

 

 

panario08

 

panario09

 

panario10

 

 

panario13

 

panario14

 

panario15

 

panario16

O secretário João Nicolau dos Santos comenta sobre os trabalhos realizados  até o momento. “Desde o ano passado venho falando sobre os serviços realizados, ao meu ver, mal feitos. Não existe contenção de água pluvial, o serviço foi atropelado, realizado a toque de caixa, não tem muro de arrimo ao lado de uma das quadras, que pode desmoronar, o piso grama foi assentado sem compactação da terra, com a trafego de caminhão em cima, boa parte quebrou, um verdadeiro absurdo”, indigna-se Pinguinha.

De acordo com o secretário, a empresa que trabalhava no local parou os serviços. “Ela espera o pagamento da outra parte da parcela para prosseguir. Muitos dos serviços realizados terão que ser refeitos, pela precariedade do material ou por problemas na execução” ressaltou. 

Segundo o setor técnico, dos 39,52%, as obras concluída s até o momento são: piso grama, reforma do prédio, ‘Educação Ambiental’, (antigo clube dos servidores municipais), pintura, alvenaria, madeiramento do telhado, piso, reboco, portas blindex, 2 quadras de esporte, 1 banheiro, pista de caminhada e cerca para proteção da APP.

 
Mutirão da limpeza já coletou mais de 240 caminhões de entulhos em CM

sao judas3

 

Mais de 240 caminhões de entulhos já foram retirados no mutirão da limpeza, que vem sendo realizado pela Prefeitura de Cândido Mota.

“Estamos trabalhando neste inicio de semana no bairro São Judas, que faz parte do ‘setor 1’ do mapa da cidade de Cândido Mota. Estamos na área com 5 caminhões e três pás carregadeiras” explicou o secretário de Obras João Nicolau dos Santos. Ainda segundo ele, dentro deste setor fazem parte 184 quarteirões dos bairros jardim Aeroporto, jardim das Palmeiras, vila Alpínia, vila São Judas, jardim São Geraldo, jardim Vitória, jardim Alvorada, vila Assunta, vila Operária, vila Marin, vila Vera Cruz, vila Nova e vila Pires.

“Tão logo terminarmos o bairro São Judas, passaremos para o bairro São Geraldo, Vila Alpina e assim por diante. A chuva tem impedido o trabalho em algumas oportunidades, por isso pedimos a compreensão das pessoas. Além disso, pedimos também que os entulhos sejam colocados conforme os avisos da equipe responsável pela ação” disse João Nicolau.

 

sao judas1

 

 

A secretária da Saúde e Higiene, Amanda Mailio Santana, destaca o problema do criadouro do mosquito aedes aegypti’, transmissor da dengue, a chikungunya e zika vírus. “Desde o primeiro dia de administração, o prefeito Roberto Bueno vem cobrando muita atenção quanto ao risco de uma nova epidemia no município. O perigo foi apontado pela nova ADL (Análise de Densidade Larvária), feita na cidade na primeira semana de janeiro” explicou Amanda Mailio que complemento: “realizamos um levantamento, em 600 moradias, e chegamos ao indicador de infestação de larvas do mosquito transmissor da doença com 5,5 pontos no IB (Índice Breteau). Isso significa que, a cada 100 imóveis visitados, em 5,5 foram encontrados focos do mosquito, sendo que o índice recomendável pelo Organização Mundial de Saúde é menor de 1”.

Este numero é fácil de ser comprovado ao ser observado o numero de caminhões de entulhos que foram retirados até agora. “O mutirão está em andamento, lembrando que aqui na cidade estamos no setor 1, faltando ainda o 2 e 3, e o distrito de Nova Alexandria. Já foram recolhidos, incluindo os Distritos do Frutal do Campo, Porto Almeida e Patrimônio de São Benedito, mais de 240 caminhões de entulhos. É muito preocupante e precisamos do apoio da comunidade.  A maioria dos recipientes encontrados  são os passíveis de remoção ou sem utilidade, ou seja, os objetos não necessitavam estar nos quintais; poderiam terem sidos descartados  ou encaminhados a reciclagem.

 

sao judas6

 

 

Para Roberto Bueno “outro fator alarmante é o clima. Calor e chuvas. Essas duas condições são a somatória perfeita para acumular água parada e propiciar a proliferação do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti” disse o prefeito Roberto Bueno que concluiu “a Prefeitura organizou o mutirão, mas a população precisa participar e ter consciência de que a prevenção é o melhor remédio contra a dengue”.

 
« InícioAnterior221222223224225226227228229230PróximoFim »

Página 224 de 304

Pesquisar Google

Google

Área Restrita



Links

 

portal


  banner esic

 

 

 

 

nota_fiscal_-_icone.jpg

 

 




Prefeitura Municipal de Cândido Mota - Rua Henrique Vasques, 180 - CEP 19880-000 - Telefone (18) 3341-9350 - Cândido Mota - SP